Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório ONS APIRAC Destaques  
   
 
 
   
 

Nos últimos dias de junho foi dada a conhecer uma notícia que se apresenta como muito esperançosa: o fabricante americano de fluidos para as indústrias do AVAC&R e Bombas de Calor, Honeywell, anunciou ter em desenvolvimento um novo fluido frigorigéneo de baixo valor de PAG, não inflamável, com aspirações a substituto do R410A.

Se, para os americanos, o tema interessa, pese-se como este interesse cresce na Europa face ao problema com que a União Europeia se está a confrontar com o “phase-out” em curso. Lembramos que o R410A tem PAG = 2088, e por isso tem vindo a substituir os outros fluidos abrangidos pela proibição em evolução, sendo objeto de uma procura e de aumentos de preço sem paralelo.

Este novo fluido, batizado em fábrica como Solstice N41, será, de acordo com a nomenclatura normalizada, o R466A. Comporta consigo um PAG = 733, e pelas suas características termodinâmicas poderá ser o substituto por “drop-in”, portanto sem quaisquer alterações nos sistemas com R410A.

O novo fluido R466A já foi considerado pela ASHRAE como pertencente ao Grupo de Segurança A1, “não-tóxico e não-inflamável” e admite-se que venha a ser o substituto do R32 - do Grupo A2L, “moderadamente inflamável”, fluido hoje aplicado com sucesso nos sistemas de menores potências em ar condicionado, mas não viável para sistemas de maiores dimensões. Aparenta ainda vir a ser um substituto do R32, com a vantagem de poder ser o fluido mais adequado para os sistemas de AVAC de maiores potências, incluídos os sistemas VRF.

Para além do mais, o novo R466A apresenta, face ao R410A, melhor valor de “eficiência frigorífica”, quer em “frio” quer em “calor”, e face ao R32 tem mais baixa temperatura da descarga (na alta pressão) do compressor e boa miscibilidade com os óleos lubrificantes de tipo POE.

No entanto, não há bela sem senão. A partir de 1 de janeiro de 2022, não poderão ser utilizados em sistemas de climatização aceites como “centralizados”, com potência nominal igual ou superior a 40kW, F-Gases com PAG igual ou superior a 150… Cremos estar perante uma boa notícia para o setor? Aguardemos.

   

 

    Luís Fonseca e Silva
Secretário Técnico da APIRAC
   
     
   

Dados Estatísticos de Vendas de Equipamentos de Ar Condicionado

     
   

1º Semestre de 2018

 

Pela 35ª vez, a APIRAC inicia o procedimento de recolha de Dados Estatísticos de Vendas de Equipamentos de AVAC, agora relativos ao 1º Semestre de 2018.

Foram distribuídas, como passou a ser habitual, as duas Fichas de Recolha de Dados distintas que recolherão diferenciadamente os dados de vendas, para o mercado nacional ou para o mercado exterior. Ambas as fichas de Recolha deverão ser enviadas por e-mail ou entregues pessoalmente na APIRAC. Reunidos os dados da totalidade das empresas participantes, far-se-á o seu lançamento e o sequente envio dos resultados obtidos.

O prazo para entrega dos dados do 1º Semestre de 2018 é até ao dia 20 de julho de 2018, sexta-feira. Contamos com a melhor atenção dos participantes para o cumprimento do prazo estabelecido.

     
   
     
   

NOVA DIRETIVA EPBD

     
   

Diretiva (UE) 2018/844 do Parlamento Europeu e do Conselho de 30 de maio

 

A versão revista da Diretiva relativa ao desempenho energético dos edifícios foi publicada no Jornal Oficial de 30 de maio de 2018. A diretiva entrará em vigor em 9 de julho e o prazo para a transposição para a legislação nacional é 10 de março de 2020.

Aquecimento e refrigeração constituem em conjunto uma das maiores fontes de consumo de energia na Europa, correspondendo a cerca de 50%. Esta diretiva contribuirá para a realização de mudanças necessárias para alcançar uma economia mais descarbonizada e para ajudar a Europa a cumprir as suas obrigações no âmbito do Acordo de Paris.

A APIRAC está a preparar um conjunto de recomendações para a transposição da EPBD para a legislação nacional, neste sentido solicita-se aos Associados que disponibilizem comentários sobre a diretiva que possam vir a integrar o contributo da APIRAC junto da tutela.

O documento está disponível na área do Associado, (menu lateral esquerdo) - Legislação, em www.apirac.pt.

     
   
     
   

Novo Fluido R466A

     
    Mercado atribui receção cautelosa
 

A principal associação de instaladores de ar condicionado dos EUA descreveu o desenvolvimento de um substituto não inflamável para o R410A como “notícias auspiciosas”, mas advertiu que a formação para o manuseamento de fluidos inflamáveis deve continuar.

A ACCA (Air Conditioning Contractors of America), que representa 60.000 profissionais e 4.000 empresas dos EUA, em resposta às notícias que a Honeywell apresentará o Solstice N41 (R466A) no ano que vem como uma alternativa não inflamável ao R32 em sistemas de ar condicionado, considera que o desenvolvimento de um fluido alternativo não inflamável é uma boa notícia, sobretudo para os instaladores preocupados com a adoção de fluidos inflamáveis sem um forte foco na formação técnica e segurança no seu manuseamento.

“É muito cedo para determinar se o R466A é uma alternativa viável para o mercado residencial. Passará algum tempo até que o mercado considere adotar esse potencial fluido frigorigéneo alternativo, porque é preciso assegurar a sua operacionalização e estudar possíveis efeitos colaterais negativos na sua aplicação”, advertiu Glenn Hourahan, vice-presidente sênior de tecnologia da ACCA. e engenharia.

Assim, a formação no manuseamento de fluidos que são considerados inflamáveis e que foram reconhecidos por grande parte do setor como alternativas viáveis para o R410A mantém-se como o caminho a seguir.

     
   
     
   

14 Países Europeus apelam a uma ação mais forte da UE para o Clima

   

 

   

Portugal participa

 

Um grupo de países europeus conhecido como "Green Growth Group/ Grupo de Crescimento Verde" pediu à Comissão Europeia que atualize o compromisso da UE na próxima reunião climática anual das Nações Unidas, a realizar em dezembro deste ano, traçando um caminho consistente com um cenário de aquecimento global de 1,5° Celsius em 2050.

"A UE deve continuar a demonstrar liderança na política climática, para criar uma dinâmica positiva entre todas as Partes do Acordo de Paris, aumentando a ambição climática global", disse a coligação de países em comunicado conjunto.

"A UE deveria considerar anunciar na COP 24 a sua disposição de atualizar a NDC (contribuição determinada nacionalmente) até 2020", submetidas às Nações Unidas como parte do Acordo de Paris, que visa limitar o aquecimento global a "bem abaixo 2° Celsius” e objetivando 1,5 ° Celsius.

A carta foi assinada pelos ministros do Ambiente da Bélgica, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Eslovénia, Espanha, Suécia e Reino Unido - que estiveram no Luxemburgo a 25 de junho para uma reunião do Conselho do Ambiente.

Já no início de junho, a UE havia concordado com novas metas de para energias renováveis e eficiência energética - de 32% e 32,5%, respetivamente, para 2030. Miguel Arias Cañete, Comissário para a Ação Climática e Energia da UE, sustentou que isso significa que o bloco agora deve aumentar sua promessa de redução de emissões de 40% até 2030 para 45%.

Ambas novas metas significariam, de facto, que a União Europeia estaria em posição de aumentar o nível de ambição de NDC e aumentar a sua meta de redução de emissões dos atuais 40% para pouco mais de 45% até 2030.

     
   
     
   

FEE com novo financiamento para Eficiência Energética

   

 

   

FEE lança novo financiamento para Eficiência Energética nos Edifícios que inclui medidas de melhoria em Janelas e Isolamentos.

 

O FEE, Fundo de Eficiência Energética, lançou no passado dia 13 de junho, através do Aviso 25, um novo financiamento de 3,1 milhões de euros para incentivar a eficiência energética nos edifícios, domínio este que ocupa cerca de 30% do consumo total de energia em Portugal.

Como foco principal, este financiamento pretende ser aplicado a diversas medidas como a instalação de janelas eficientes com etiqueta energética CLASSE+ (www.classemais.pt), a melhoria do isolamento térmico de paredes, coberturas e pavimentos (www.certificarevalorizar.pt) e ainda a requalificação de sistemas de aquecimento de águas quentes sanitárias (www.label-pack-a-plus.eu/portugal).

Este financiamento tem como objetivo apoiar dois tipos de beneficiários: pessoas singulares proprietárias de edifícios de habitação existentes e ocupados unifamiliares ou de frações autónomas em edifícios multifamiliares (beneficiário do tipo A) e pessoas coletivas de direito privado, proprietárias de edifícios de serviços existentes e ocupados (beneficiário do tipo B).

O financiamento está disponível na forma de incentivo não reembolsável entre 35% a 60% do valor da obra, dependendo do tipo de beneficiário e de medida proposta a candidatura. As candidaturas estão a decorrer até ao dia 13 de outubro através do portal do FEE.

Saber mais AQUI

Fonte: ADENE

     
   
     
   

PO SEUR tem novo Aviso de Eficiência Energética

   

 

 

O Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (PO SEUR) lançou o 2.º Aviso de Eficiência Energética nos Edifícios da Administração Pública Central dirigido aos Organismos da Administração Central do Estado.

Este Aviso apoia projetos de gestão e racionalização de energia que contemplem a implementação de medidas de eficiência energética, ativas e passivas, promovendo ainda a utilização de energias renováveis para autoconsumo nas infraestruturas públicas já existentes da Administração Central do Estado, contribuindo a redução da despesa da fatura de energia neste setor e para a execução do Programa de Eficiência Energética na Administração Pública (Programa ECO.AP) e do Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE).

A decorrer de 22 de maio a 7 de dezembro de 2018, este Aviso, no âmbito da prioridade de investimento, tem como objetivo o apoio à eficiência energética, à gestão inteligente da energia e à utilização das energias renováveis nas infraestruturas públicas, enquadrado no Eixo Prioritário 1.

Saber mais AQUI

Fonte: ADENE

     
   
     
   

Implementação do livro de reclamações eletrónico - 2ª Fase - decorre entre 1 de julho de 2018 e 1 de julho de 2019

   

 

 

Todos os fornecedores de bens e prestadores de serviços dispõem de um ano para disponibilizar o livro de reclamações eletrónico. Atenção que o livro de reclamações eletrónico não substitui o livro de reclamações em papel, que deve estar acessível no estabelecimento (ambos são obrigatórios).

Nesta 2ª Fase de implementação, os operadores económicos cuja atividade seja fiscalizada pela ASAE - Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, incluindo os que exerçam atividade apenas em linha, devem efetuar o registo na plataforma: http://www.livroreclamacoes.pt/entrar.

As atividades económicas objeto de regulação por parte das Entidades Reguladoras /Fiscalizadoras ANAC, AMT, BdP, ASF, CMVM, IMPIC, ERS, INFARMED, IGAC, IRN, OMV, IGEC e ISS serão integradas ao longo do período de adaptação, de acordo com a calendarização a acordar entre a DGC/INCM e a respetiva Entidade Reguladora.

     
   
   

Indicadores Económicos

     
 

Vendas no Comércio a Retalho aceleraram para 5,2% - maio de 2018

O Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho registou uma variação homóloga de 5,2% (1,0% em abril). Os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário, apresentaram taxas de variação homóloga de 3,2%, 3,1% e 1,0%, respetivamente (3,1%, 5,0% e 0,3% em abril, pela mesma ordem).

Índice de Produção Industrial registou uma variação homóloga de -2,7% - maio de 2018

O índice de produção industrial apresentou uma variação homóloga de -2,7% em maio (4,3% em abril). A taxa de variação da secção das Indústrias Transformadoras foi de -2,2% (2,7% no mês anterior).

Taxa de variação homóloga do IPC estimada em 1,6% - junho de 2018

Tendo por base a informação apurada até à data do presente destaque, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá sido 1,6% em junho de 2018 (o valor apurado para maio foi 1,0%). A variação homóloga estimada do indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) é de 1,0% (o valor final de maio foi 0,6%). O índice relativo aos produtos energéticos terá também acelerado, estimando-se uma taxa de variação homóloga de 7,4% em junho.

A variação mensal estimada do IPC é 0,1% (em maio, o valor definitivo foi 0,4%) e a variação média dos últimos doze meses de 1,1% (1,0% registado no mês precedente).

Estima-se que o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português tenha registado uma variação homóloga de 2,0% (o valor final de maio foi 1,4%).

Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de junho serão publicados no próximo dia 11 de julho.

Preços dos imóveis comerciais aumentaram 3,3% - 2017

Em 2017, o Índice de Preços das Propriedades Comerciais (IPPCom) apresentou uma variação média anual de 3,3%, acelerando 1,3 pontos percentuais (p.p.) em relação a 2016.

Apesar desta aceleração, o aumento observado nos preços das propriedades comerciais em 2017 manteve-se a um nível significativamente menor que o observado nos imóveis residenciais (9,2%).

Fonte: INE

     
   
     
    ACORDO DE PARCERIA ADENE | APIRAC
     
    No âmbito da Rede de Parceiros CLASSE+, para promoção da eficiência energética de produtos.
     
 

O presente Acordo enquadra-se nas atividades da ADENE na promoção da eficiência energética através da etiquetagem energética e visa estabelecer as condições gerais e particulares no âmbito da Rede de Parceiros CLASSE+.


O CLASSE+ é um instrumento para facilitar ao consumidor a escolha de produtos mais eficientes na reabilitação da envolvente de edifícios ou nas suas partes comuns. Em concreto, é utilizada uma etiqueta energética para “traduzir” a informação técnica sobre janelas, isolamentos, tintas, etc. numa escala semelhante à usada nos eletrodomésticos, que os consumidores entendem mais facilmente.

As empresas aderentes poderão constar da base dados do portal casA+, outra iniciativa na qual ADENE e APIRAC assumem idêntica parceria.

     

   
   

CERTIFICAÇÃO DE EMPRESAS - APIRAC no terreno

     
 

Novo apoio local prestado pela APIRAC finalizado com sucesso

No passado dia 19 de junho o Departamento Técnico deslocou-se à empresa associada CLIMATIZAÇÃO TROPICAL, Almada. A APIRAC preparou um dossier organizado com toda a documentação técnica de acordo com a Especificação Técnica da CERTIF, tendo sido efetuada a verificação de todas as ferramentas e equipamentos de trabalho, também necessários neste processo de certificação.

Sexta-feira, dia 29 de junho, a empresa foi alvo da auditoria de inspeção por parte da CERTIF, obtendo a desejada certificação, sem qualquer dificuldade em apresentar/preencher todos os requisitos impostos para a certificação da empresa.

Mais uma vez, agradecemos ao Sr. António dos Santos (técnico/gerente) da empresa CLIMATIZAÇÃO TROPICAL, Lda. a confiança depositada na APIRAC. Muitos parabéns!

     
   
 
    AGENDA - CURSOS APIEF 2018
   

 

» LISBOA
Dra. Filipa Mendes
Tel: 213 540 011
Fax: 213 474 576
filipa.mendes@apief.pt formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Telm: 967 446 860
formacao.guimaraes@apief.pt

 

 
LISBOA
19 jul gases fluorados - categoria 1 + info
24 jul  INSPEÇÕES II - INDUSTRIAL + info
préinscr TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO (Nivel 4) + info
24 jul  INSPEÇÕES II - INDUSTRIAL + info
PORTO
12 jul   SOLDADURA POR BRASAGEM COBRE/LATÃO + info
17 set FLUORADOS CAT1 + info
17 set BOMBAS DE CALOR - FASE3 + info
GUIMARÃES
11 jul MANUSEAMENTO DE F. NATURAIS + info
16 jul BOMBAS DE CALOR - FASE1 + info
3 set BOMBAS DE CALOR - FASE2 + info

» Consulte AQUI toda a nossa AGENDA.
   
    Datas para pagamento de impostos
     

 
   
   

 

   

Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

   

Portaria n.º 164/2018 - Diário da República n.º 109/2018, Série I de 2018-06-07115460927 - Portaria de extensão das alterações do contrato coletivo entre a AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal e o SINDEL - Sindicato Nacional da Indústria e da Energia.

   
   

Tribunal Constitucional

   

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 242/2018 - Diário da República n.º 109/2018, Série I de 2018-06-07115460929 - Declara a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, da norma do artigo 7.º, n.º 3, Lei n.º 34/2004, de 29 de julho, na redação dada pela Lei n.º 47/2007, de 28 de agosto, na parte em que recusa proteção jurídica a pessoas coletivas com fins lucrativos, sem consideração pela concreta situação económica das mesmas, por violação do artigo 20.º, n.º 1, da Constituição da República Portuguesa.

   
   

Finanças

   

Portaria n.º 166/2018 - Diário da República n.º 110/2018, Série I de 2018-06-08115475702 - Portaria que procede à alteração das instruções de preenchimento do anexo regularizações do campo 40 que fazem parte integrante da declaração periódica de IVA, aprovada pela Portaria n.º 221/2017.

     
   

Assembleia da República

   

Lei n.º 25/2018 - Diário da República n.º 113/2018, Série I de 2018-06-14115501070 - Procede à segunda alteração da Lei n.º 31/2009, de 3 de julho, que aprova o regime jurídico que estabelece a qualificação profissional exigível aos técnicos responsáveis pela elaboração e subscrição de projetos, pela fiscalização de obra e pela direção de obra, que não esteja sujeita a legislação especial, e os deveres que lhes são aplicáveis, e à primeira alteração à Lei n.º 41/2015, de 3 de junho, que estabelece o regime jurídico aplicável ao exercício da atividade da construção.

   
   

Resolução da Assembleia da República n.º 147/2018 - Diário da República n.º 123/2018, Série I de 2018-06-28115603497 - Conta Geral do Estado de 2016.

   
   

Planeamento e das Infraestruturas

   

Portaria n.º 178/2018 - Diário da República n.º 117/2018, Série I de 2018-06-20115552977 - Segunda alteração do regulamento do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego, aprovado pela Portaria n.º 105/2017, de 10 de março.

   
   

Administração Interna, Justiça, Cultura, Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Saúde, Economia, Ambiente, Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e Mar

   

Portaria n.º 182/2018 - Diário da República n.º 119/2018, Série I de 2018-06-22115561641 - Portaria de condições de trabalho para trabalhadores administrativos não abrangidos por regulamentação coletiva específica.

     
   

Presidência do Conselho de Ministros

   

Decreto-Lei n.º 51/2018 - Diário da República n.º 120/2018, Série I de 2018-06-25115578234 - Altera o Código do Registo Civil.

   
   

Decreto-Lei n.º 52/2018 - Diário da República n.º 120/2018, Série I de 2018-06-25115578235 - Altera o Registo Nacional de Pessoas Coletivas e cria a certidão online das Pessoas Coletivas.

   
   

Ambiente

   

Portaria n.º 190-A/2018 - Diário da República n.º 125/2018, 1º Suplemento, Série I de 2018-07-02115631553 - Estabelece as regras para o cálculo da altura de chaminés e para a realização de estudos de dispersão de poluentes atmosféricos.

     
   
     
   

5º Encontro Nacional de Instaladores

    18 de outubro | Santarém
 

A APIRAC vai organizar o 5º Encontro Nacional de Instaladores, subordinado ao tema “2018, ANO DE TRANSFORMAÇÕES NO SETOR DO AVAC&R: Sustentabilidade, competência e inovação”. O encontro terá lugar em Santarém, no CNEMA, dia 18 de outubro.

Este evento pretende constituir um fórum bienal com reflexões e debates que esclareçam e apontem caminhos para implementações diversas, que favoreçam e premeiem os diversos intervenientes para o cumprimento de objetivos e compromissos a que o Estado português, e este mercado em particular, está obrigado.

Nos painéis do Programa, muito focados regulamentação em vigor, espera-se dos participantes que os compõem, pela sua responsabilidade na implementação e gestão das matérias em análise, contributos insubstituíveis para o enriquecimento do debate, com intervenções centradas nas suas especificidades junto da atividade de ”instalação, manutenção e assistência técnica de equipamentos de Refrigeração e AVAC”.

Consulte aqui o PROGRAMA PROVISÓRIO

Mais informações e contactos:
Departamento Comunicação & Imagem APIRAC
Dra. Sofia Sequeira
Email: sofia.sequeira@apirac.pt
Telemóvel: 967 830 990

     
   
     
   

Sessões para uniformização dos procedimentos relativos à emissão dos certificados energéticos

   

 

   

Sessões para uniformização dos procedimentos relativos à emissão dos certificados energéticos

 

A ADENE – Agência para a Energia, entidade gestora da Certificação Energética dos Edifícios, em articulação com a Associação Nacional de Peritos Qualificados, está a organizar um conjunto de sessões de esclarecimento exclusivas para os Peritos Qualificados da Certificação Energética dos Edifícios.  

Estes eventos pretendem debater a uniformização dos procedimentos relativos à emissão dos certificados energéticos no âmbito do IFRRU-Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas, a atualização dos atuais processos de verificação de qualidade e de revisão do atual modelo de certificado. 

Nesta fase, com sessões agendadas até 18 de julho, a equipa de técnicos da ADENE já realizou 3 sessões no Porto e em Lisboa, envolvendo mais de 230 Peritos Qualificados. Estão contemplados outros eventos em Faro, Aveiro, Braga e Coimbra, prevendo-se envolver mais 180 Peritos Qualificados.

     
   
   

Evento Internacional de Lançamento do Projeto INTERREG SUDOE KET4F-Gas

    11 de junho | Auditório Caixa Geral de Depósitos (Ed.V) - Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT NOVA) - Universidade NOVA de Lisboa -Campus de Caparica
 

KET4F-Gas é un projeto europeu cofinanciado pelo Programa Interreg Sudoe através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), com um financiamento de 1.7 milhões de euros.

No atual contexto de seca persistente das regiões do sudoeste europeu (área SUDOE), que sofrem cada vez mais eventos de incêndios dificilmente controláveis, relacionados com períodos prolongados de seca e fortes ventos, a investigação sobre alternativas que contribuam para a redução das emissões de gases de efeito estufa é da mais alta prioridade. KET4F-Gas tem como principal objetivo reduzir o impacto ambiental de gases fluorados através do desenvolvimento e implementação de Tecnologias Facilitadoras Essenciais.

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT NOVA) tem o prazer de convidá-lo para o Evento Internacional de Lançamento do Projeto KET4F-Gas, que terá lugar no próximo dia 11 de Junho, na FCT NOVA, Campus de Caparica.

» Programa AQUI «
» Inscrições AQUI «

Saiba tudo AQUI

     
   
   

Chillventa 2018

    16 a 18 de de outubro |  Nuremberg, Alemanha
 

A exposição de eficiência energética, bombas de calor e refrigeração, designada de Chillventa, este ano realizar-se-á na cidade de Nuremberg, na Alemanha, entre os dias 16 e 18 de outubro de 2018.

Como já é habitual poderá contar com as últimas Inovações e tendências do setor de refrigeração e da eficiência energética.

Esteja presente e conheça os especialistas nesta exposiçãode grande referencia.

Saiba tudo AQUI

     
   
   
    Se pretender fazer um comentário ou deixar-nos a sua opinião, clique aqui!
   
Para remover clique aqui e escreva STOP.
 

Patrocinadores Newsletter